Macau derrota Gana na última ronda das Olimpíadas de xadrez

A formação africana não impediu a quarta vitória da RAEM em 11 rondas no torneio aberto da maior prova mundial de xadrez. No último dia de competição, os jogadores em destaque na equipa de Macau foram Li Hui e Mak Kei Keng, que saíram vitoriosos dos desafios que efectuaram frente a adversários ganeses.

1-xadrez

A equipa com que a Região Administrativa Especial de Macau se apresentou nas Olimpíadas de Xadrez que decorreram em Bacu, capital do Azerbaijão, derrotou esta quarta-feira a congénere do Gana por 3-1 (duas vitórias e dois empates) na última ronda do certame, que decorreu ontem. Macau terminou a prova no 132.o lugar da classificação geral entre 180 equipas, numa competição que foi ganha pelos Estados Unidos da América, com a Ucrânia a terminar em segundo e a Rússia em terceiro.
Os torneios – aberto e feminino – disputaram-se segundo o sistema suíço de 11 rondas, com a classificação a ser determinada pelo número de xeque-mates. Cada equipa contou com quatro jogadores principais e um de reserva.
Capitaneada por Liang Zhi Hua, a seleccção da RAEM contou com os jogadores Li Hui, Ip Seng Tou, Herman Ho Hou-Meng, Ieong Seak Hin e Mak Kei Keng. Diante da equipa do Gana, Macau celebrou as vitórias de Li Hui sobre Francis Anquandah e de Mak Kei Keng diante de Edward Thompson. A selecção do território somou ainda dois empates – de Ip Seng Tou e Herman Ho, frente a Joseph Jamena e Philip Ameku, respectivamente – o que valeu o placar final de 3-1, dado que dois empates equivalem a uma vitória.
Nas 10 rondas anteriores do torneio aberto, a selecção de Macau conseguiu vencer apenas as formações da Guiana, Haiti e Guernsey (uma das dependências da coroa britânica no Canal da Mancha). Frente a Omã, os atletas da RAEM arrancaram um empate. De resto, Macau somou apenas derrotas, perdendo frente aos conjuntos da Coreia do Sul, da Nigéria, da Malásia, de Trinidade e Tobago, da Mongólia e ainda perante a equipa da Associação Internacional de Xadrez para Deficientes Físicos.
No torneio feminino, em que Macau não apresentou uma equipa, estiveram em prova 140 formações de todo o mundo. A grande vencedora foi a selecção da República Popular da China, que dominou o torneio, terminando à frente da congénere da Polónia, que acabou em segundo, e da Ucrânia, que ficou em terceiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s