Universidade de Hong Kong vence Torneio de Râguebi de Praia

Apesar da chuva, o torneio que marca o pontapé de saída no início da nova temporada da modalidade realizou-se no passado sábado em Hac Sá. A prova contou com a participação de 120 atletas em representação de doze equipas.

1-raguebi

João Santos Filipe

A nova temporada do râguebi em Macau arrancou no sábado com a realização do Torneio de Praia, em Hác-Sá. O evento, organizado pelo Clube de Râguebi de Macau, contou com a participação de 120 atletas e um total de 12 equipas. No final foram as formações vindas de Hong Kong que venceram, numa edição que ficou marcada pela chuva.

“Foi um torneio chuvoso, mas correu tudo bem e pode considerar-se que foi um bom arranque para o ano desportivo. Houve muita gente que tinha planeado de manhã ir ao torneio, mas depois com a chuva acabou por não aparecer. É natural, visto que muita gente queria levar consigo as crianças” disse Ricardo Pina, presidente do Clube de Râguebi de Macau, ao PONTO FINAL.

Se, por um lado, a chuva afastou os participantes, por outro lado, os cerca de 120 atletas que disputaram o torneio ofereceram um bom espectáculo, tanto na competição masculina como no feminina, com as formações participantes a virem de Hong Kong, Cantão e Taiwan.

No torneio para homens, a equipa de Macau terminou a competição no 4.º lugar entre as seis formações presentes. O conjunto local foi eliminada na meia-final por uma das equipas que vieram da Universidade de Hong Kong: “Perder na meia-final acaba por ser uma prestação positiva. Perdemos com os vencedores, mas as equipas de Hong Kong trazem sempre formações muito fortes e este ano não foi excepção”, explicou o dirigente.

A final foi disputada por duas equipas da Universidade de Hong Kong, que participaram com os nomes Rainbow Unicorns, tendo a formação B batido a A por 3-0. Este é o terceiro ano consecutivo que a vitória vai para uma formação da Universidade de Hong Kong.

Já no sector feminino, que não contou com uma equipa local por não haver jogadoras em número suficiente, a vitória foi do Valley Football Club, que na final derrotou a formação do Causeway Bay por 4-2.

Para a edição do próximo ano, a organização está a ponderar criar um segundo campo na praia, para que possa aumentar o número de inscritos. A inovação passa também por conseguir atrair a participação de crianças.

Igualmente no sábado de manhã abriram as inscrições para o mini-râguebi, tendo o Clube de Râguebi de Macau recebido cerca de 50 inscrições. No entanto, Ricardo Pina acredita que este ano vai haver mais de uma centena de inscritos, batendo a marca do ano passado: “O ano passado fechámos o ano com um pouco mais de cem crianças e este ano esperamos ultrapassar esse valor. No primeiro dia de inscrições, normalmente, vêm sempre metade dos inscritos, cerca de 50. Ontem [Sábado] não foi excepção”, declarou. “Depois, o número acaba sempre por aumentar porque há pessoas que se atrasam um bocadinho, há famílias que ainda estão de férias. O ideal para nós era serem cerca de 120 crianças”, sublinhou.

Sobre o estado da modalidade em Macau, Ricardo Pina voltou a apontar o problema da falta de espaços para a prática de râguebi: “Temos tentado ser muito ambiciosos com a realização de mais actividades, mas encontramos sempre o mesmo problema: não temos um campo para o râguebi. Estamos a falar com o Instituto do Desporto para ver se conseguimos utilizar por mais horas o campo da Universidade [de Macau], mas ainda não está nada confirmado”, explicou.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s