Turquia caminha para “um regime de terror”, diz Orhan Pamuk

0-orhan-pamuk

O escritor turco Orhan Pamuk, que recebeu o prémio Nobel da Literatura em 2006, denunciou ontem a prisão de um influente jornalista na Turquia e considerou, num artigo publicado em Itália, que o país se dirige “para um regime de terror”.

“Na Turquia, estamos progressivamente a pôr atrás das grades todas as pessoas que tomam a liberdade de exprimir mesmo o mais pequeno criticismo face às acções do Governo […] na base do ódio mais feroz”, referiu num artigo hoje publicado no diário La Repubblica.

“Estou em cólera, exprimo a minha crítica mais virulenta contra a prisão do escritor Ahmet Altan, uma das assinaturas mais importantes do jornalismo turco, e do seu irmão Mehmet Altan, universitário e economista de renome”, prosseguiu o escritor.

Segundo Orhan Pamuk, deixou de existir liberdade de pensamento: “Estamos em vias de nos afastar rapidamente de um Estado de direito em direcção a um regime de terror”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s