Aguaceiros na Coreia do Norte danificaram milhares de edifícios

 

3-mau-tempo

Inundações danificaram milhares de edifícios no nordeste da Coreia do Norte depois da zona ter sido açoitada pelas maiores chuvadas registadas em décadas, informou este domingo a imprensa estatal, instando todos os soldados e civis a ajudarem as vítimas.

A informação divulgada pela agência oficial KCNA não refere número de vítimas ou montante dos danos. Um relatório das Nações Unidas na semana passada, que citava informação do Governo de Pyongyang, indica que 60 pessoas morreram e mais de 44.000 tinham ficado desalojadas ao longo do rio Tumen, que marca parcialmente a fronteira entre a Coreia, a China e a Rússia.

A informação divulgada ontem, que cita o comité central do Partido dos Trabalhadores, no poder, refere que “dezenas de milhares” de casas e edifícios públicos desmoronaram e que linhas de comboio, estradas, fábricas e quintas ficaram destruídas ou submersas, tendo-se registado problemas no abastecimento de electricidade.

No fim de semana passado, a imprensa estatal informou que, pelo menos, 15 pessoas desapareceram e milhares foram retiradas na sequência de inundações registadas na Coreia do Norte à passagem do tufão Lionrock.

O tufão, em conjunto com a baixa pressão atmosférica na zona norte do país, na fronteira com a Rússia e China, causaram chuvas torrenciais de até 320 milímetros por hora e fortes ventos nos últimos dias, segundo a agência KCNA.

A província de Hamgyong foi uma das mais afectadas, com várias localidades parcial ou totalmente inundadas, pelo transbordo do rio Tumen. Na cidade de Hoeryong foi registado o desaparecimento de 15 pessoas, enquanto outras 44.000 foram retiradas de Hamgyong, tendo sido registados danos em cerca de 17.180 casas, algumas das quais totalmente destruídas.

A agência Yonhap reportou então que, pelo menos, 34 pessoas morreram na derrocada de um bloco de apartamentos de cinco andares naquela província devido às chuvas, mas a informação não foi confirmada por Pyongyang.

O Lionrock, décimo tufão da temporada no Pacífico, atingiu a Coreia do Norte depois de causar elevados danos materiais mas nenhuma vítima na vizinha República Popular da China esta semana. A tempestade provocou 14 mortos no norte do Japão.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s