Magnata norte-americano adquire direitos da Fórmula 1 por oito mil milhões de dólares

McLaren Formula One driver Lewis Hamilton of Britain leads the pack at the start of the Belgian F1 Grand Prix in Spa Francorchamps

 

O multimilionário norte-americano John Malone anunciou que vai adquirir os direitos do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 por oito mil milhões de dólares.

Em comunicado distribuído pela Liberty Media, empresa do magnata norte-americano, foi esclarecido que Bernie Ecclestone, até agora o ‘patrão’ da Fórmula 1, se manterá vinculado à modalidade ‘rainha’ do desporto automóvel como director-executivo. No entanto, a presidência da empresa que irá gerir o campeonato passa para as mãos de Chase Carey, vice-presidente da 21st Century Fox: “Estamos muito animados por passar a fazer parte da Fórmula 1. A nossa experiência nos media e em outros desportos vai ajudar-nos a gerir da melhor forma a Fórmula 1, a pensar sempre nos adeptos da modalidade”, referiu, no mesmo comunicado, o director-executivo da Liberty Media, Greg Maffei.

O acordo permitirá à Liberty Media gerir o Mundial, que este ano é composto por 21 grandes prémios e que continua a render milhões em contratos publicitários.

Em termos televisivos, o Mundial de Fórmula 1 é uma das provas que mais rende às estações que adquirem os direitos de transmissão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s