Ensino do português é “projecto com prioridade” nas escolas

3-dicionario

O ensino do português em Macau passa, a partir deste ano lectivo, a ser um “projecto com prioridade de apoio” no plano de desenvolvimento das escolas, segundo o primeiro Plano Quinquenal da cidade, hoje apresentado.

De acordo com o documento que fixa metas até 2020, que já tinha sido divulgado em Abril mas foi depois sujeito a consulta pública, sendo ligeiramente alterado, será definido um número mínimo de horas para as escolas particulares com cursos de português.

O executivo quer também aumentar o número de escolas com esta disciplina e o número de turmas de português ministradas através do ensino regular, “para maior generalização da língua”, um dos idiomas oficiais de Macau.

“Pretende-se estabelecer cooperação na área do ensino com Portugal e criar melhores condições para os estudantes que optem por continuar os estudos em Portugal”, diz o documento, definindo também o objectivo de aumentar o número de bolsas para o ensino superior de modo a apoiar “a frequência de cursos de língua portuguesa ou de tradução das línguas chinesa e portuguesa”.

No âmbito linguístico, o Plano Quinquenal fixa também o objectivo de “melhorar o nível dos professores” de mandarim.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s