Monte Carlo: Armada brasileira para atacar o título

1.Monte CarloCláudio Roberto Silveira, ex-seleccionador do Sri Lanka, é a nova aposta do Clube Desportivo Monte Carlo para o banco. O treinador, de 39 anos, terá às suas ordens quatro reforços brasileiros e um português.

Marco Carvalho

O Clube Desportivo Monte Carlo quer colocar um fim a dois anos de travessia do deserto e aposta forte no mercado brasileiro tendo em vista o assalto ao título na edição de 2016 da Liga de Elite, a principal competição futebolística do território.

Desde que conquistou há dois anos o seu quinto e último título, a formação “canarinha” tem estado afastada das luzes da ribalta. Na última temporada, o onze capitaneado por Geofredo de Souza terminou a prova fora dos lugares do pódio, atrás do campeão Benfica, do Windsor Arch Ka I e do surpreendente Chao Pak Kei.

No sábado, o Monte Carlo deu a conhecer os argumentos com que tenciona contrariar o favoritismo do Benfica e do Ka I. O clube “canarinho” reforçou-se com quatro jogadores brasileiros e um atleta português com o propósito de recuperar o título perdido há dois anos, mas a grande contratação do emblema presidido por Rafael Mendonça chega, no entanto, para o banco: o brasileiro Cláudio Roberto Silveira, que orientou a selecção de futebol do Sri Lanka, é o treinador escolhido pela direcção do Monte Carlo para a próxima época.

Para além de orientar a formação principal, o treinador, de 39 anos, terá ainda em mãos a responsabilidade de estruturar as camadas jovens da formação “canarinha”. O treinador – que se sagrou por duas vezes campeão estadual do Mato Grosso do Sul ao serviço do Águia Negra – diz-se preparado para o desafio: “No Brasil também trabalhei assim em muitos clubes, treinando de muito perto a formação com o objectivo de trazer atletas para a equipa principal. É um método de trabalho com o qual eu me identifico bastante. É claro que trabalhar com jogadores da formação com o objectivo de os promover para a equipa principal é um desafio bastante grande, mas sinto-me ainda assim capaz de dar o meu contributo à equipa do Monte Carlo”, esclarece o técnico, em declarações ao PONTO FINAL.

Para ajudar o emblema “canarinho” a lutar pelo título, Cláudio Roberto Silveira conta com o contributo de quatro atletas que conhece bem. Três dos novos reforços brasileiros do Monte Carlo já foram orientados por Cláudio Silveira e o quarto deixou o treinador bem impressionado por mais do que uma ocasião. Do Brasil, chegam o central Anderson Dourado Ribas (ex-FC Vilnius e LKS Lodz), o médio Jackson Franklin de Souza e os avançados Amarildo Ristof (ex-Águia Negra) e Jullyian Nunes Duarte (ex-Operário MS). Ao contingente brasileiro junta-se o português Jorginho, atleta formado no Feirense que chegou a ser treinador por Henrique Nunes (novo treinador do Benfica de Macau) no clube de Santa Maria da Feira.

Para além dos reforços, o Clube Desportivo Monte Carlo conta ainda com a prata da casa para tentar o assalto a um sexto título na principal prova do futebol do território. Geofredo Cheung, ex-capitão da selecção de futebol de Macau, vai vestir a camisola da formação “canarinha” durante mais uma temporada, antes de passar em termos definitivos a braçadeira de capitão a Paulo Cheang. Do plantel do Monte Carlo para a próxima temporada fazem ainda parte o guarda-redes Ho Man Fai e os internacionais Loi Wai Long e Chao Wai Hou, para além de atletas da República Popular da China, como o veterano Du Zhiqiang.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s