P.V Sindhu vence Open de Badminton pela terceira vez

1.PV_SindhuNão há duas sem três, diz o ditado e Pusarla Venkata Sindhu confirma. A indiana conquistou conquistou ontem pela terceira vez consecutiva o Open de Badminton de Macau. Na competição masculina, o triunfo sorriu ao sul-coreano Jeon Hyeok Jin.

Marco Carvalho

 

Pusarla Venkata Sindhu fez história este domingo no Pavilhão do Tap Seac. A indiana tornou-se a primeira atleta a vencer por três ocasiões o Open de Macau em Badminton e a garantir a defesa bem sucedida do título pela segunda vez consecutiva.

Ontem, Sindhu não deixou créditos por mãos alheias e derrotou a japonesa Minatsu Mitani, sexta cabeça de série da competição, num desafio que se prolongou por uma hora e seis minutos.

Décima segunda posicionada do ranking mundial, a atleta indiana deixou desde cedo claro que estava apostada em despedir-se do território com um terceiro troféu e chamou a si a iniciativa desde os segundos iniciais da partida. P.V. Sindhu acabou por vencer facilmente o primeiro set, levando a melhor sobre a atleta japonesa pelo parcial de 21-9.

No segundo set, Minatsu Mitani deu um ar da sua graça, venceu o parcial por 23-21 e forçou o terceiro set. No capítulo decisivo do encontro, a indiana voltou a puxar dos galões, venceu por 21-14 e chamou a si a vitória no Open de Badminton de Macau pela terceira vez consecutiva.

Na prova de singulares masculinos, o triunfo sorriu ao sul-coreano Jeon Hyeok Jin. O 13.o cabeça de série da competição derrotou o chinês Tian Houwei em três sets e uma hora e três minutos de jogo. O atleta da República Popular da China, que chegou à RAEM com o estatuto de segundo principal favorito ao triunfo na competição, não conseguiu colocar um travão ao percurso cem por cento vitorioso protagonizado por Jeon Hyeok Jin na edição de 2015 do Open de Badminton de Macau. O atleta sul-coreano levou a melhor sobre o adversário pelos parciais de 21-11, 13-21 e 23-21.

O continente sul-coreano que disputou a prova esteve, de resto, em grande evidência no Pavilhão do Tap Seac, ao conquistar quatro dos cinco torneios que se disputaram ao longo da última semana no território.

No torneio feminino de duplas, as sul-coreanas Jung Kyung Eun e Shin Seung Chan levaram a melhor sobre Poon Lok Yan e Tse Ying Suet, da vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong. Depois de terem perdido o primeiro set por 21-18, as atletas sul-coreanas viram Poon Lok Yan e Tse Ying Suet abrirem mão do encontro decisivo da competição, numa altura em que o segundo parcial estava empatado.

Mais folgado foi o triunfo de Shin Baek Cheol e de Yoo Jung Chae no desafio decisivo do torneio misto de duplas. O par sul-coreano derrotou os compatriotas Solgyu Choi e Eom Hye Won em dois sets, parciais de 21-18 e 21-13.

Na final do torneio masculino de duplas, Ko Sung Hyun e Shin Baek Cheol – que conquistou dois troféus no Pavilhão do Tap Seac – não deram hipóteses aos indonésios Berry Angriawan e Ryan Agung Saputra, tendo chamado a si o triunfo em dois sets, pelos parciais de 22-20 e 21-14.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s