Lobby americano não desiste dos galgos

A luta pelos direitos dos galgos que correm todas as semanas no Canídromo de Macau ainda não acabou. Após um acordo falhado com a Anima, a Grey2K USA contra-ataca. Chui Sai On vai receber uma nova petição.

Alexandra Lages

A organização norte-americana Grey2K USA, que desde 2001 trabalha pela extinção das corridas de cães galgos, não baixou os braços e vai continuar a lutar contra o abate massivo dos animais de competição em Macau. A associação lançou uma nova recolha de assinaturas que desta vez vão ser enviadas ao Chefe do Executivo.

Num comunicado divulgado ontem, a presidente da organização Christine Dorchak anunciou que recebeu a informação de que o Canídromo de Macau, o único na China autorizado a explorar corridas de cães, não cumpriu o acordo feito com a Anima – Sociedade Protectora dos Animais de Macau para adopção de cães após estes serem considerados inaptos para correr.

“Foi óptimo ouvir estas notícias que chegaram cinco meses depois de termos iniciado a nossa campanha ‘Salvem o Brooklyn’. O primeiro cão a sair vivo pela primeira vez do Canídromo era suposto ser enviado para a organização Anima na segunda-feira de manhã. Contudo, na noite do mesmo dia, Albano Martins da Anima anunciou que as negociações foram anuladas porque nenhum cão foi enviado para as instalações da associação”, pode ler-se no comunicado.

Apesar deste incidente, a Grey2K defende que “é preciso redobrar esforços para salvar o Brooklyn e todos os galgos que estão no Canídromo”. “Temos recebido informações de que 30 galgos são abatidos todos os meses nestas instalações, enquanto outros morrem durante as corridas”, diz a presidente da associação.

A nova petição tem o objectivo de apelar ao Chefe do Executivo para “obrigar o Canídromo a cumprir o acordo e começar a libertar os galgos para adopção”. A associação também incentiva os interessados a enviarem cartas directamente a Chui Sai On.

A campanha ‘Salvem o Brooklyn’ começou no final do ano passado após uma visita de uma representante da Grey2K USA a Macau que resultou numa parceria com a Anima. A organização norte-americana seleccionou um dos cães do Canídromo e lançou uma campanha para convencer a Companhia de Corrida de Galgos de Macau Yat Yuen a permitir que Brooklyn fosse adoptado após se reformar das corridas.

A Grey2K estabeleceu ainda um acordo com uma organização australiana que tem um programa de adopção de galgos, a Greyhound Rescue. Esta associação disponibilizou-se para receber o animal e arcar com todas as despesas necessárias para o transporte deste para a Austrália.

A campanha cresceu, ganhou maior expressão a nível internacional e foi estabelecido o objectivo de pressionar o Governo australiano a acabar com a exportação de galgos para Macau. Mas parece que a luta é cada vez mais longa e árdua.

Dados revelados pelo jornal South China Morning Post apontam que em média 400 galgos são abatidos anualmente por injecção letal. No ano passado, em Julho, começou a correr uma petição online lançada pela Fundação para os Animais da Ásia, dirigida ao Chefe do Executivo, contra as corridas de cães em Macau.

Pela primeira vez, a empresa que explora o Canídromo deu uma resposta a todos os apelos e sugeriu à Anima iniciar um programa de doação externa de galgos considerados inaptos para correr. No dia combinado, a Yat Yuen não cumpriu o prometido e a Anima anulou o acordo.

“Deram o dito pelo não dito”, disse o presidente da associação, Albano Martins, em declarações ao PONTO FINAL. “A Anima não quer mais qualquer tipo de conversações com quem não está de boa-fé e não honra os seus compromissos”, sustentou.

Albano Martins rejeita a hipótese de mais negociações com a empresa, “a não ser que haja uma mudança de gestão” ou o governo consiga convencer a Anima que o Canídromo “vai ter outra atitude, ser honesto e responsável”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s