O adeus da presidente

120809Ao cabo de mais de 30 anos, Susana Chou disse ontem adeus à actividade legislativa num discurso que terminou com uma salva de palmas no hemiciclo. A presidente da Assembleia lembrou que o actual órgão da RAEM tem ainda muito por onde melhorar para que possa estar à altura das expectativas da população.

Maria Caetano

Desde 1976 que acompanha os trabalhos legislativos no território. Primeiro durante o período da administração portuguesa, onde integrou o hemiciclo em quatro legislaturas, e, desde o estabelecimento da RAEM, liderando a Assembleia ao longo dos últimos dez anos.
Susana Chou, presidente do órgão e deputada eleita por sufrágio indirecto em representação do sector empresarial, despediu-se ontem do hemiciclo com um discurso de balanço dos trabalhos no qual quis deixar uma mensagem à actual e à próxima legislatura que será eleita no dia 20 de Setembro.
“Os trabalhos da Assembleia não correspondem ainda às expectativas da população”, lembrou Chou, salientando que uma das tarefas que há pela frente é a de melhorar a capacidade de fiscalização da acção governativa pelos deputados.
Embora o plenário deva ainda reunir-se no dia 7 de Outubro, dada a aprovação da extensão do prazo da actual legislatura até 15 de Outubro, a presidente da Assembleia quis ontem deixar encerrado o seu consulado na câmara, prometendo manter-se activa no serviço aos residentes de Macau após cessar funções.
“Estarei sempre convosco”, declarou Susana Chou antes de deixar a sala, ovacionada por deputados e funcionários do órgão a quem quis deixar também palavras de agradecimento.
A presidente da Assembleia destacou “o impecável contributo desses heróis anónimos” que são os trabalhadores do hemiciclo, a “abnegação e rigor” dos profissionais da comunicação social e o clima de “apoio e transigência” entre a Assembleia e o Executivo e Administração, apesar muitas vezes manifestarem posições discordantes.
Em primeiro lugar, Susana Chou deixou porém agradecimentos ao apoio prestado pelos residentes da RAEM. “A próxima legislatura vai continuar a depender do vosso apoio”, lembrou.
“Vamos sempre continuar a servir os cidadãos de Macau”, assegurou ainda a presidente da legislatura cessante no último dia de trabalhos antes de um interregno após o qual os deputados retomarão uma vez mais ao hemiciclo para concluir trabalho em atraso, designadamente, a apreciação do diploma relativo à importação de mão-de-obra.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s